Adelmo 'Federer' alcança o Nº 1 do mundo e defende título em Porto Alegre

Início    /    Porto Alegre    /    Adelmo 'Federer' alcança o Nº 1 do mundo e defende título em Porto Alegre
Por Nittenis News  •  27 de Novembro de 2018

O Brasil entrou, nesta segunda-feira, para o Hall dos países com um número 1 do mundo no circuito Seniors da Federação Internacional de Tênis, na categoria 35 anos, e ele vai defender a partir de quinta-feira seu título do ano passado na 33ª edição do Seniors Internacional de Tênis de Porto Alegre – Copa Yone Borba Dias, tradicional evento de veteranos com tenistas do mundo inteiro de 35 até mais de 85 anos de idade e com graduação máxima para o ranking mundial. O evento será disputado até o domingo, dia 2 de dezembro, com entrada gratuita no clube de Porto Alegre (RS). Nesta terça-feira serão 42 partidas largando às 9h na Associação Leopoldina Juvenil.

Adelmo Evangelista é um paulista de origem humilde, começou como pegador de bolas quando pequeno e nunca teve recursos financeiros para seguir uma carreira profissional e tampouco juvenil, mas nesta segunda-feira assumiu a ponta do ranking. O argentino Pablo Cerruti, que liderava a tabela até a última semana, sofreu uma queda por não defender sua conquista ano passado na Argentina, e Adelmo passou ao posto da liderança.

"Nunca tive a oportunidade de ser jogador profissional e nem juvenil, me faltava dinheiro, só podia jogar os torneios por aqui da Federação, não tinha recursos para viajar", disse: "No Seniors também não consigo viajar tanto, esse ano passei a viajar mais, sempre com apoio de alguns alunos, um deles me dá R$ 1 mil e cada um ajuda um poquinho. Fui campeão no Peru, no Campeonato Sul-Americano na Bolívia e vice em Brasília. É uma sensação maravilhosa poder liderar o ranking, mais um marketing poder dizer aos meus alunos, mostrar para eles, minha família. De grana não recebemos nada, pagamos para jogar, é muito bom, acaba me abrindo portas tanto em São Paulo onde dou aula como no Brasil, as pessoas te reconhecem nos torneios, em Brasília fiz amizade no clube, tem esse lado bem positivo".

Diante de sua boa posição no ranking agora consagrada pelo topo mundial, Adelmo criou uma brincadeira com seus alunos e adaptou a logo de Roger Federer, o "RF", para o "AF" que estampa em uma camisa e até na pintura de sua raquete, com o codinome "Adelmo Federer": "A gente tira um sarro e brinca pessoal chama de Adelmo Federer daí criei umas camisas estilizadas. É bem legal".

O torneio de Porto Alegre é importante na jornada do paulista. Ele defende 210 pontos da conquista de 2017 e caso seja derrotado vai perder a liderança para o italiano Luca Serena. Ele busca finalizar a temporada no topo: "Não vou receber grana nenhuma para fechar o ano no topo, apenas um diploma que a ITF envia para cada jogador, só alguns torneios na Europa que dão dinheiro, mas coisa como 500 dólares, mas será muito gratificante, ficará para a vida toda esse diploma e terminar 2018 na frente". Adelmo estreia diante do vencedor do brasileiro José Cícero da Silva e Beiler Fam.

Com a chegada de Evangelista como número 1, a 33ª edição do Seniors Internacional de Tênis de Porto Alegre – Copa Yone Borba Dias passa a ter quatro jogadores no topo da tabela. Nos 40 feminino a líder é a argentina Silvina Delgado, no masculino 55 anos o grego Konstantinos Efraimoglou, lidera. Nos 85 masculino, o americano John Powless está na ponta.

Terça-feira tem 42 jogos a partir das 9h. Favoritos e gaúcho estão entre os destaques

As partidas desta terça-feira largam às 9h com a disputa das categorias 85 anos masculino e 75 masculino e feminino. Destaque para o número três do mundo e mais veterano do torneio, o australiano Adrian Alle, de 88 anos, desafiando o brasileiro Nilo Moreira. Nilo derrotou Alle recentemente no Chile e tentará surpreender o jogador que veio desafiar o americano John Powless, número 1 do mundo e que revelou nomes como Arthur Ashe ao tênis e deu o primeiro emprego na vida de Nick Bolletieri que hoje tem a maior academia do mundo na Flórida tendo revelado Maria Sharapova e Andre Agassi.

Atual campeão dos 60 anos, o brasiliense Amadeu Façanha também faz seu primeiro jogo diante do argentino Alejandro Spinelli que aplicou um duplo 6/0 nesta segunda-feira sobre o brasileiro Wilson Bertei. O principal rival na chave de Façanha, o colombiano Carlos Behar, também faz seu primeiro jogo contra o brasileiro Claudio Queiroz que derrotou o alemão Wolfgang Zipp por um duplo 6/0. Behar é o quarto do mundo e Façanha é o oitavo.

Destaque gaúcho do dia é Eurico Carvalho, atleta da Leopoldina Juvenil, vice-campeão ano passado. Eurico, quinto favorito na categoria 50 anos masculino, atua não antes das 15h contra Antonio Robiny Pinto.

Neste segundo dia serão jogadas as categorias 50 anos até 85 com a presença de atletas do Brasil, Áustria, Argentina, Chile, Itália, França, Austrália, Lituânia, Espanha, Colômbia e Peru.

No primeiro dia os gaúchos avançaram por WO. Pedro Felice, quarto favorito nos 55 masculino, avançou com a ausência de Carlos Fortes. Nos 45 anos, Miguel Kelbert também venceu com a ausência de Marcelo Maciel. O gaúcho de Santana do Livramento, Fabio Badra, que atua pela Jordânia desde os 18 anos de idade tendo disputado 37 partidas de Copa Davis, a mais prestigiada competição de países do tênis, somando 22 vitórias, acabou eliminado pelo brasileiro Alexandre Aragon por 7/5 6/4: "Não deu, muito tempo sem jogar, longe da minha forma, meu primeiro torneio Seniors, mas valeu a experiência. Joguei pelo Brasil até os 18 quando decidi atuar com as cores da Jordânia e pude disputar a Copa Davis e aqui jogo pelo país. É treinar e ficar em boa forma para o próximo ano", disse Badra.

A competição em 2018 teve um aumento de países. De 17 em 2017 pulou para 19 em 2018. São atletas do Brasil, Jordânia, Costa Rica, Chile, Argentina, Holanda, Lituânia, Peru, Espanha, Itália, Colômbia, Alemanha, EUA, Grécia, França, Canadá, Austrália, Uruguai e Bolívia.

Resultados desta Segunda-Feira (26/11):

35M Alexandre ARAGON (BRA) 7/5 6/4 Fabio BADRA (JOR)
35F Dora ANER (BRA) 6/2 6/7 (4) 6/1 [2] Mariana KELLER (BRA)
40M Thiago Jose SANCHES (BRA) 6/2 7/5 Andreas MENTZ (BRA)
40M Gustavo BOHRER (BRA) 6/3 6/3 Gustavo POZZA SILVEIRA (BRA)
45M Beno BUCKER FILHO (BRA) 6/3 6/1 Elias BORGES (BRA)
45M Miguel KELBERT (BRA) [4] venceu Marcelo Amaro da Silveira MACIEL (BRA) por WO
55M Pedro FELICE (BRA) [4] venceu por WO Carlos Manoel FORTES (BRA)
60M Nelson Jose Tartarelli GERMANN (BRA) venceu por WO Antenor Silva FILHO (BRA)
60M Sergio HANSEN (BRA) venceu por WO Libero RIPOLI (BRA)
60M Patrick LACOSTE (FRA) 6/0 6/0 Armando VOGEL (BRA)
60M Renato Grillo FLACH (BRA) 7/6 (5) 6/1 Joao R. SUCUPIRA (BRA)
60M Alberto LEWIS (BRA) 6/0 6/0 Carlos Eduardo Freitas MAMEDE (BRA)
60M Alejandro SPINELLI (ARG) 6/0 6/0 Wilson BERTEI (BRA)
60M Tarcisio BATISTA LEITE (BRA) venceu por WO Marc PEPIN (CAN)
60M Claudio Duarte LOBAO DE QUEIROZ (BRA) 6/0 6/1 Wolfgang ZIPP (GER)

Mais informações no site do evento - http://seniorsbrasil.com.br/etapa2018/portoalegre/

A 33ª edição do Seniors Internacional de Tênis de Porto Alegre - Copa Yone Borba Dias tem o patrocínio da Melnick Even – Líder em Alto Padrão, e conta com os apoios da NET Claro, Master Hotéis e Água Crystal.  A organização é da a PROTENIS PROMOÇÕES ESPORTIVAS e o evento é oficializado pela Federação Internacional de Tênis, Confederação Brasileira de Tênis, Federação Gaúcha de Tênis e é realizado na Associação Leopoldina Juvenil.

Publicidade