Adversário de Wild analisa confronto e torcida brasileira

Início    /    Rio Open    /    Adversário de Wild analisa confronto e torcida brasileira
Por David Mijalchik  •  18 de Fevereiro de 2020


Foto: Gustavo Werneck

Após estreiar no Rio Open com vitória contra o argentino Juan Ignacio Londero, parciais de 7/6(5) e 7/5, Borna Coric falou com a imprensa sobre o próximo confronto. Ele enfrenta o brasileiro Thiago Wild.

“Será uma partida difícil. Ele está jogando com a torcida a favor e sei bem como é essa sensação. Foi assim quando estive na Croácia, joguei dez vezes melhor do que costumo jogar”, disse o 32º do mundo.

Coric assumiu não conhecer o brasileiro, mas garantiu que vai estudar o adversário para a partida: “Tenho que fazer o dever de casa. Não o conheço, nunca vi ele jogar”.

Wild venceu, nesta segunda-feira, um jogo épico de 3:51h, o mais longo da história do Rio Open. O croata não viu o duelo, mas ficou sabendo do feito pelas redes sociais: “Vi no Instagram que ele salvou três match points”.

Esta não é a primeira vez que Borna Coric joga no Brasil contra um tenista da casa. Em 2015, quando tinha apenas 18 anos, ele representou a Croácia pela Copa Davis e levou a melhor contra João Souza, o Feijão, e Thomaz Bellucci.

Apesar das vitórias, o croata não tem apenas boas recordações do confronto. Durante a partida contra Feijão, Coric se irritou e provocou os torcedores brasileiros, pedindo para gritarem mais alto: “Eu fiquei com raiva da torcida e fiz coisas de que hoje não me orgulho. Mas a atmosfera era ótima”.

Publicidade