Aposentadoria adiada

Início    /    Tênis    /    Aposentadoria adiada
Por Raphael Favilla  •  27 de Fevereiro de 2018

Thomaz Bellucci e seu treinador e parceiro André Sá começaram bem na chave de duplas do Aberto do Brasil. Na noite desta segunda-feira, os tenistas anfitriões derrotaram o polonês Romain Arneodo e o croata Antonio Sancic por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7-2) e 6/4, em 1h16 de partida disputada no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo.

Belluci, número 820 no ranking de duplas, e Sá (89) rechaçaram o favoritismo da parceria rival, formada por tenistas mais bem classificados na ATP – Sancic é o 64º colocado, enquanto Arneodo o 81º.

O ATP 250 de São Paulo é o último torneio a ser disputado por André Sá, de 40 anos. O mineiro de Belo Horizonte, inclusive, defende o título das duplas, conquistado em 2017 ao lado de Rogério Dutra Silva. Não foi nesta segunda, contudo, que o veterano se aposentou.

“Começamos bem, mas as emoções estão misturadas. Nunca estive nessa situação de jogar o último jogo da minha vida. Cada dia é um bônus, jogar com meu pupilo também é especial. Espero a cada dia passar mais um até chegar domingo. Aí sim vai ser o último”, afirmou Sá, na quadra, após a sua estreia.

“É a primeira vez que não estou preocupado em defender os pontos. Mas espero defender o título no domingo. Passamos da primeira barreira hoje”, celebrou o experiente tenista.

No último jogo do dia, o primeiro set foi marcado pelo equilíbrio. Agressivos em quadra, os brasileiros quebraram o serviço dos europeus no quarto game e em seguida confirmaram o saque para abrir 4/1. A vantagem, contudo, foi pulverizada pelos adversários, que pararam de errar e venceram três games seguidos, empatando em 4/4.

A partir de então, cada dupla confirmou seu serviço sem dificuldades até chegar ao tie-break. No desempate, Sá e Bellucci tiveram um mini-break contra, mas venceram os quatro seguintes e depois administraram a vantagem para fechar a primeira parcial com 7/6 (7-2), após 44 minutos.

O segundo set foi mais tranquilo para os brasileiros, que começaram agressivos e, após três break points, quebraram o saque dos rivais, abrindo 2/0 na sequência. Depois, os anfitriões foram confirmando seus serviços até o décimo game, quando novamente rechaçaram o saque adversário e avançarem no torneio.

Na segunda rodada do Aberto do Brasil, Sá e Bellucci enfrentarão os vencedores do confronto entre a parceria formada pelos argentinos Federico Delbonis e Máximo González e a dupla cabeça de chave número 2 integrada pelo chileno Hans Podlipnik-Castillo e pelo bielorrusso Andrei Vasilevski, marcado para esta terça-feira.

Na chave de simples, 132º colocado no ranking mundial, Bellucci fará sua estreia diante do argentino Horacio Zeballos, nesta terça-feira, às 19h30 (de Brasília), no Ginásio do Ibirapuera.

Publicidade