Bia comanda vitória brasileira na Fed

Início    /    Tênis    /    Bia comanda vitória brasileira na Fed
Por Raphael Favilla  •  08 de Fevereiro de 2018

A seleção brasileira estreou com vitória na primeira rodada do Zonal das Américas I da Copa Davis. Nesta quarta-feira, no Club Internacional de Tenis, em Assunção, no Paraguai, o Brasil iniciou com vitória a campanha no grupo B da competição por equipes ao aplicar a virada na seleção venezuelana.

No primeiro duelo do dia, Gabriela Cé foi a primeira representante brasileira no encontro e acabou sendo superada por Aymet Uzcategui, por 2 sets a 1 (6-2, 2-6 e 7-5), em 2h43. Em desvantagem diante da Venezuela, a seleção brasileira contou com o desempenho da sua tenistas mais bem ranqueada: Beatriz Haddad Maia.

Logo na sequência, a número 59 do ranking mundial jogou pela primeira vez na simples e derrotou Andrea Gamiz, 247 do mundo, por 2 sets a 0 (7-6 e 6-4), em 1h41. Por fim, atuando nas duplas ao lado de Luisa Stefani, a paulista contribuiu para o triunfo diante de Adriana Perez/Andrea Gamiz, por 2 sets a 0 (6-1 e 7-5), em 1h13.

Com as duas vitórias e uma derrota, a seleção brasileira está na segunda colocação do grupo B do Zonal das Américas da Fed Cup. A liderança é da Argentina que venceu a Guatemala, com três vitórias.

A virada veio com Bia Maia e Luisa Stefani, que nunca haviam jogado juntas antes, garantindo a vitória na estreia. "A energia que saímos aqui da quadra, primeira rodada de confronto de Fed Cup, ganhar na dupla ali, jogo duríssimo. As meninas que enfrentamos nas simples e nas duplas jogavam muito bem", destacou Bia, que com as duas vitórias desta quarta agora soma 10 triunfos em 15 jogos na Fed Cup.

"No primeiro jogo com a Gabi a venezuelana foi muito sólida e mereceu o ponto. A Gabi também deu o melhor dela, mas não é fácil entrar na quadra com essas condições, a bola está muito rápida. Depois, eu dei meu melhor ali e conseguimos empatar. E, na dupla, foi a primeira vez que jogamos, mas pegamos a energia da galera. Estamos fortes, unidas pegamos ritmo para o resto da semana", ressaltou a número 1 do país e 59 do mundo.

"Acho que o primeiro dia foi positivo. Foi duro, então dá para sentir mais o gosto da vitória. Trabalhamos bem, foi o nosso primeiro jogo de dupla, então sair com a vitória dá mais confiança. Sabemos que os jogos serão duros, então é importante começar bem", completou Luisa, que segue invicta na Fed Cup, agora com três vitórias em três jogos.

No regulamento da competição, as sete seleções são divididas em dois grupos, um com quatro países (Argentina, Brasil, Guatemala e Venezuela) e outro com três (Chile, Colômbia e Paraguai). Os vencedores de cada chave se enfrentam e o campeão consegue uma vaga para a repescagem do grupo do Mundial. Todos os jogos acontecem em Assunção, no Paraguai, até o próximo domingo.

Cada confronto conta com dois jogos de simples e um de duplas, disputados no mesmo dia. O próximo duelo verde-amarelo é com a Guatemala, nesta quinta-feira. O grande desafio é na sexta-feira, contra a Argentina. No ranking mundial, as paraguaias são 19ª, a Argentina 20ª e o Brasil está em 27º lugar. São os três principais favoritos a um lugar na repescagem.

Publicidade