Brasil vence Hong Kong e pode ser primeiro do grupo

Início    /    Outras Raquetes    /    Brasil vence Hong Kong e pode ser primeiro do grupo
Por Raphael Favilla  •  23 de Fevereiro de 2018

A estreia da Seleção Brasileira masculina de tênis de mesa na Copa do Mundo por Equipes não poderia ser melhor. Os meninos derrotaram Hong Kong, nesta quinta-feira (22/2), por 3 a 2, em confrontos realizados na Cooper Box Arena, em Londres, na Inglaterra. Com a vitória, o Brasil tem grandes chances de sair em primeiro no seu grupo. Para isso, basta derrotar os Estados Unidos, nesta sexta-feira, às 9h (horário de Brasília). Os americanos estão em 38° no ranking mundial de equipes, enquanto os brasileiros estão em 12°.

No primeiro confronto, de duplas, Gustavo Tsuboi e Eric Jouti chegaram a liderar o placar em vários momentos do jogo contra Lam Siu Hang e Ho Kwan Kit. Porém, nos instantes decisivos acabaram se desconcentrando e perderam por 3 a 0 (10/12, 5/11 e 9/11). Logo depois, o time se recuperou de forma brilhante, quando começaram os confrontos individuais. Hugo Calderano derrotou Wong Chung Ting, sétimo melhor do mundo, por 3 a 1 (12/10, 12/10, 9/11 e 11/4).

Gustavo Tsuboi também teve um adversário bem acima no ranking mundial. O brasileiro, atual 66° do mundo, encarou Ho Kwan Kit, o 41°. E conseguiu mais uma grande vitória na noite londrina, por 3 a 2 (13/11, 11/6, 9/11, 8/11 e 11/7). Na sequência, Eric Jouti deu trabalho a Wong Chun Ting, mas foi superado por 3 a 1 (3/11, 11/2, 6/11 e 5/11). Essa é a primeira Copa do Mundo de Jouti, número 92 do mundo, 85 posições abaixo de seu adversário.

Cabia a Hugo Calderano dar a vitória ao Brasil. O adversário foi Lam Siu Hang, derrotado por 3 a 0 (11/7, 11/7 e 11/5). Com o resultado, Hong Kong, cabeça de chave do grupo, que derrotou os Estados Unidos mais cedo, dependerá de uma derrota do Brasil para sair em primeiro.

“Foi uma grande vitória, sobre um time muito forte. A equipe jogou em alto nível, sempre acreditando que poderia vencer. Agora temos de descansar e manter o foco para o jogo de amanhã”, analisou o técnico Francisco Arado, o Paco.

Publicidade