CBT e FFT renovam acordo de cooperação técnica

Início    /    Tênis    /    CBT e FFT renovam acordo de cooperação técnica
Por Nittenis News  •  05 de Setembro de 2019

A parceria de longa data entre Confederação Brasileira de Tênis (CBT) e Federação Francesa de Tênis (FFT) ganhou um novo capítulo. Em Nova York, nos Estados Unidos, onde é realizado o US Open, os presidentes das duas entidades assinaram a renovação do convênio de cooperação técnica entre as duas entidades. O acordo formaliza a realização das próximas edições do Roland-Garros Junior Wild Card Series e do Roland-Garros Amateur Series no Brasil.

O Roland-Garros Junior Wild Card Series é realizado no Brasil desde 2015. Jovens talentos do tênis brasileiro disputam uma seletiva em que o campeão ganha o direito de viajar à França e competir por um wild card na chave juvenil do Grand Slam francês contra atletas da China e da Índia.

Já o Roland-Garros Amateur Series se encaminha para a sua segunda edição, com a primeira etapa programada para Curitiba entre os dias 26 e 29 de setembro. O torneio voltado para amadores, a partir dos 13 anos de idade, conta com uma interessante premiação. Os vencedores das classes em disputa participam de um sorteio, em que o ganhador viaja a Paris, com um acompanhante, para acompanhar Roland-Garros com as despesas pagas.

A parceria neste ano prevê uma novidade. Em dezembro, durante o Encontro Internacional de Treinamento realizado em Florianópolis - reunindo os principais nomes do país na modalidade entre atletas e treinadores -, o Brasil receberá a visita de um treinador francês que irá fazer parte da troca de experiências. O profissional é o encarregado do trabalho de desenvolvimento das categorias de base do tênis francês nas categorias 12, 14 e 16 anos e irá auxiliar os treinadores brasileiros a incrementar a metodologia de trabalho no Brasil.

O novo acordo entre as duas entidades é articulado desde a realização de Roland-Garros, entre o fim de maio e o início de junho deste ano. Devido à ampliação das ações de parceria, o documento só foi assinado agora, no encontro entre Rafael Westrupp, presidente da CBT, e Bernard Giudicelli, presidente da FFT, no US Open. A convite da CBT, o presidente da Cosat, Camilo Pérez López Moreira, esteve presente na reunião.

"É uma grande honra assinar o acordo de renovação entre a CBT e a FFT. Nós estamos orgulhosos dessa cooperação mútua que cresce mais a cada ano. Nós começamos em 2015 promovendo o Rendez Vous a Roland-Garros. Em 2018 nós lançamos o Roland Garros Amateur Series e em 2018 nós vamos receber um treinador francês durante o nosso Encontro Anual de Treinamento, realizado na sede da CBT. É empolgante fazer parte desta relação de profunda confiança e respeito. Não apenas no tênis, já que a conexão e o respeito entre o Brasil e a França vão além do esporte", destaca Rafael Westrupp, presidente da CBT.

Palco do maior torneio do mundo realizado em quadras de saibro, Roland-Garros, a Federação Francesa de Tênis tem o interesse de fomentar e desenvolver o esporte. Por isso, a renovação do acordo com o Brasil é uma forma de caminhar em direção a este objetivo e de fortalecer os laços que existem entre os dois países há muitos anos.

"É a continuidade de uma história de respeito e amizade entre a França e o Brasil, que começou com a vitória de Gustavo Kuerten em 1997 em Roland-Garros. Esta é uma oportunidade para trocarmos conhecimentos em áreas importantes como treinamento, e também promover Roland-Garros e todos os eventos relacionados ao nosso torneio em todo território brasileiro. Esses acordos nos permitem focar na prática de tênis no saibro", afirma Bernard Giudicelli, presidente da FFT.


Publicidade