Cem vezes

Início    /    Tênis    /    Cem vezes
Por Raphael Favilla  •  02 de Março de 2019

Roger Federer é o grande campeão do ATP 500 de Dubai. Neste sábado, ele se vingou de Stefanos Tsitsipas, seu algoz no Australian Open, para conquistar o troféu. As parciais foram de 6/4 e 6/4, em 1h09 de duelo.

Aos 37 anos, o suíço chega à marca histórica de 100 títulos na carreira profissional. De quebra, Roger ainda ganha espaço no ranking, subindo três postos e alcançando o quarto lugar.

Federer é o quinto tenista profissional a alcançar cem títulos de primeira linha em simples. As três primeiras dessa lista são mulheres, com recorde de 167 de Martina Navratilova. Atrás dela estão Chris Evert com 154 e Steffi Graf com 107. O recordista entre os homens é Jimmy Connors, vencedor de 109 troféus. Nas duplas, os irmãos Bob e Mike Bryan também já estão na casa dos três dígitos.

O vencedor de 20 títulos de Grand Slam também está cada vez mais próximo de outra marca que pertence a Connors. O suíço tem 1.188 vitórias em nível ATP e só fica atrás do norte-americano, recordista com 1.256 no total. Os cem títulos de Federer foram distribuídos por 19 países e 31 eventos diferentes no circuito.

No primeiro set, Federer começou melhor, logo conquistando a quebra. Depois disso, bastou manter os games de saque, salvando break points no momento decisivo, e definir a vitória por 6/4, abrindo vantagem na partida.

A segunda parcial começou equilibrada, com os dois mantendo seus serviços. No nono game, Federer conseguiu a quebra, ficando com a vitória na mão. Na sequência, confirmou o saque e garantiu a 100° taça da carreira em Dubai.

Nas duplas, o título foi para o norte-americano Rajeev Ram e para o britânico Joe Salisbury, que bateram o japonês Ben McLachlan e o alemão Jan-Lennard Struff na final, com parciais de 7/6(4) e 6/3.


Publicidade