Dimitrov e Nadal vencem e semifinais estão definidas em Melbourne

Início    /    Tênis    /    Dimitrov e Nadal vencem e semifinais estão definidas em Melbourne
Por Raphael Favilla  •  25 de Janeiro de 2017

Assim como aconteceu nas outras duas partidas de quartas de final, primeiro na vitória do suíço Stan Wawrinka e depois na vitória do também suíço Roger Federer, o resultado das partidas da chave masculina do Aberto da Austrália realizadas nesta quarta-feira também foram definidas em sets diretos.

O búlgaro Grigor Dimitrov dominou o belga David Goffin e fechaou o jogo com parciais de 6/3, 6/2 e 6/4, após 2h12 de confronto. O búlgaro vai agora disputar pela segunda vez uma semifinal de Grand Slam, repetindo a campanha de Wimbledon, em 2014. Seu próximo rival em Melbourne será o espanhol Rafael Nadal.

O Miúra superou em sets diretos o número 3 do mundo Milos Raonic, com parciais de 6/4, 7/6 (9-7) e 6/4. Com isso, fica a duas vitórias do do 15º troféu de Grand Slam e também de um feito histórico, já que pode se tornar o único profissional com ao menos dois troféus em cada um dos Slam. Rafa ganhou o Australian Open em 2009.

Dimitrov é um autêntico freguês de Nadal. O espanhol venceu os sete primeiros duelos, incluindo as quartas da Austrália em 2014, e perdeu para o búlgaro justamente o mais recente, nas quartas de Pequim do ano passado, por 6/2 e 6/4.

Esta é a 24ª semifinal de Grand Slam de Rafa, mas a primeira desde o título em Roland Garros de 2014. Ele tem agora 50 vitórias na Austrália e assim Melbourne se seu segundo Slam de maior produtividade, depois dos 72 triunfos de Roland Garros. Também foi sua segunda vitória seguida sobre um top 10, após eliminar o sexto do ranking Gael Monfils nas oitavas de final.

 

Ao se juntar a Wawrinka e Roger Federer na penúltima rodada, Nadal coloca três tenistas acima dos 30 anos nas semifinais de um Slam, o que só aconteceu uma vez em toda a Era Profissional, justamente no primeiro torneio da série, o de Roland Garros de 1968.

Publicidade