Egípcio de 17 anos é o campeão do Paineiras Open

Início    /    Outras Raquetes    /    Egípcio de 17 anos é o campeão do Paineiras Open
Por Raphael Favilla  •  30 de Maio de 2018

O egípcio Mostafa Asal, de apenas 17 anos, mostrou porque é considerado uma das maiores revelações do squash na atualidade. Ele veio do qualifying e conquistou o título do Paineiras Open Brasil 2018, na tarde deste domingo (27), ao superar outro juvenil, o francês Victor Crouin, de 19 anos, por 3 a 0, parciais de 11-9, 11-6 e 11-7, em 58 minutos de jogo realizado no Paineiras do Morumby, em São Paulo. A competição internacional faz parte do Tour de Las Americas. Distribuiu 10 mil dólares de prêmio (cerca de R$ 37 mil) e reuniu, na chave principal, 16 jogadores de 11 países desde a quinta-feira passada (24).

O público que lotou a quadra de squash do Paineiras neste domingo viu um jogo de alto nível técnico, com grande movimentação. O primeiro set foi muito equilibrado e chegou a 9-9, quando Asal fez dois pontos seguidos e conseguiu fechar. Nas duas séries seguintes, o egípcio não teve dificuldade para dominar a partida e conquistar seu terceiro título no Tour de Las Americas (ganhou também as etapas de Mar del Plata e Resistência, ambas na Argentina), e quarta conquista do ano, pois foi campeão da chave juvenil do tradicional British Open.

“Estou muito feliz pelo título e este foi o melhor torneio que disputei nesta temporada. Senti cansaço hoje pela sequência de quatro competições do Tour de Las Americas, mas consegui jogar bem a final e também nos dias anteriores. Estive no Paraguai e na Argentina, mas gostei bem mais do Brasil, onde fui muito bem recebido por várias pessoas, como o Diego Gobi, o número 1 daqui, que é bom amigo”, contou Asal depois de tirar várias fotos com os fãs.

Asal acabou de se profissionalizar, é o 194º do mundo, depois de ter sido número 1 do Egito no sub 17 e no sub 19. Ele vive no Cairo e começou a jogar com nove anos. Seu sonho é chegar ao top 10 mundial, ranking que tem hoje vários egípcios como destaque.

No torneio de São Paulo, Asal passou pelo quali e logo na primeira rodada da chave principal eliminou o cabeça de chave número 1, Dimitri Steinmann, da Suíça. Em seguida passou pelo inglês Alex Ingham e depois superou o suíço Reiko Peter (cabeça 6), na semifinal, e decidiu o título com o francês Victor Crouin, número 1 do ranking europeu e 97º do mundo.

Dois brasileiros passaram pelo qualifying do Paineiras Open, Pedro Mometto e Vitor Vieira, enquanto Diego Gobbi já estava classificado para a chave principal. Os três foram eliminados na primeira rodada.

Publicidade