Equipe brasileira renovada para o Zonal da Fed Cup

Início    /    Tênis    /    Equipe brasileira renovada para o Zonal da Fed Cup
Por Raphael Favilla  •  09 de Janeiro de 2017

Foi definida nesta segunda-feira a equipe que defenderá o Brasil no Zonal Americano I da Fed Cup, que acontece entre os dias 6 e 11 de fevereiro, na cidade mexicana de Metepec. O capitão Fernando Roese convocou um time renovado para ir ao México ao promover a estreia das jovens tenistas Carolina Meligeni Alves e Luisa Stefani (foto), que integram ao time com as remanescentes Teliana Pereira e Gabriela Cé.

Atuais tenistas número 1 e 2 do país no ranking da WTA, Paula Gonçalves e Beatriz Haddad Maia não jogam este Zonal Americano da Fed Cup. Paula optou por não jogar a competição, enquanto Bia ainda se recupera de um acidente doméstico que adiou o seu início de temporada.

“Esse ano vamos de equipe renovada. Renovada até pela ausência da Paula Gonçalves, que eu chamei, mas ela não quis jogar. Acho que todo atleta tem a livre escolha, logicamente que a Paula no momento dela hoje nos ajudaria bastante, mas em se tratando de ela não querer jogar, não se pode fazer nada”, explicou o capitão Roese, que lamentou ao ausência de Bia por causa de lesão.

“Isso dá uma chance para a Luisa Stefani, que é uma menina jovem e fez uma boa temporada em 2016. Ela vem tendo bons resultados, joga no tênis universitário americano e é acostumada à quadra dura, que combina com o que a gente vai ter no México. Ela já entra como uma renovação na equipe. A Carol Alves no ano passado foi convocada para treinar com o time e desta vez vai estar no time, ela também jogou bem no final do ano”, analisa o capitão.

Aos 19 anos, Luisa integra pela primeira vez uma equipe profissional brasileira após ter passado com sucesso por seleções na base do país. A paulistana iniciou em 2016 a disputa do circuito universitário americano pela Universidade de Pepperdine, em Malibu, na Califórnia. Logo na primeira temporada se destacou e foi eleita a melhor estreante, além de ser semifinalista nos Playoffs da primeira divisão da NCAA. No final do ano passado, obteve seu maior título nas duplas do ITF US$ 50 mil de Atlanta. Carolina fechou a temporada 2016 com o melhor ranking da carreira após jogar 11 semanas na Tunísia, onde obteve os dois primeiros títulos profissionais de simples, além três conquistas nas duplas.

O Brasil terá como adversários no Zonal Americano I da Fed Cup 2017 as equipes de Argentina, Bolívia, Canadá, Chile, Colômbia, México, Paraguai e Venezuela. A disputa será em quadras descobertas de piso duro no Club Deportivo la Asuncion, em Metepec, no México.

Publicidade