Eslováquia abre 2 a 0 contra o Brasil na Fed

Início    /    Tênis    /    Eslováquia abre 2 a 0 contra o Brasil na Fed
Por Raphael Favilla  •  20 de Abril de 2019

Está complicada a situação da equipe brasileira que busca uma vaga no Grupo Mundial II da Fed Cup através dos playoffs. Depois da derrota de Carolina Alves na primeira partida da série contra a Eslováquia, a paulista Beatriz Haddad Maia também levou a pior e acabou superada pela anfitriã Viktoria Kuzmova em sets diretos, com duplo 6/3 anotado em 1h29 de partida.

Neste sábado, na AXA Arena NTC, a torcida eslocava encheu as arquibancadas para empurrar o time da casa em Bratislava. Foi assim que a ex-top 10 e atual 33 do mundo, Dominika Cibulkova, venceu Carolina Meligeni Alves. Logo no primeiro game, a brasileira mostrou toda a raça que a fez ganhar o Fed Cup Heart Award e protagonizou um rally com 27 trocas de bola com a adversária. Percebendo que não poderia dar brechas para a brasileira, Cibulkova contou com o apoio local para ganhar o duelo por duplo 6/1, em 1h06 de confronto.

Na partida seguinte, Beatriz Haddad Maia mostrou atitude para enfrentar Viktoria Kuzmova. O começo de partida foi equilibrado, com poucas chances para quem estava devolvendo. As sacadoras prevaleceram em quase todo o primeiro set, com exceção do sexto game, quando Bia teve um incômodo 0-40. Ela salvou o primeiro break-point, mas ainda tinha mais dois pela frente e já no segundo sucumbiu diante da eslovaca, que aproveitou a vantagem mínima para fazer 1 a 0 no jogo.

A segunda parcial foi bem mais favorável a Kuzmova, que perdeu um break-point no terceiro game e aproveitou o seguinte que teve, no quinto. Bia chegou a ameaçar no sexto e no oitavo, perdendo uma chance de quebra em cada, mas no nono novamente se complicou com os serviços, encarou quatro match-points contra e no último viu a eslovaca fechar o duelo.

Com 2 a 0 a favor da Eslováquia no duelo, o Brasil terá a chance de buscar a recuperação neste domingo. A partir das 8h (no horário de Brasília), Beatriz Haddad Maia enfrenta Dominika Cibulkova. Se a canhota paulista vencer, as esperanças ficam com Carolina Meligeni Alves, que enfrenta Viktoria Kuzmova na partida seguinte. O terceiro e último jogo previsto é nas duplas, com Bia Haddad Maia e Luisa Stefani enfrentando Viktoria Kuzmova e Magdalena Rybarikova.

"As tenistas eslovacas estiveram muito bem neste sábado. No primeiro jogo, a Carolina fez tudo que ela podia, teve uma excelente atitude, mas a Cibulkova foi muito sólida e agressiva. Na segunda partida, da Bia, a Kuzmova fez um jogo excelente, dando poucas chances. Nós vamos conversar na reunião de hoje e ver o que podemos fazer para amanhã. Acredito que a Bia estará mais tranquila e vai conseguir ser mais agressiva. Será uma outra situação", projeta a capitã Roberta Burzagli.

O Playoff do Grupo Mundial II é disputado em cinco partidas, que a ordem dos confrontos foi definida na última sexta-feira. O time que somar três vitórias será o campeão e garantirá um lugar entre as 16 melhores equipe do tênis feminino.



Publicidade