Federer vence Nadal e está na final em Wimbledon

Início    /    Grand Slam    /    Federer vence Nadal e está na final em Wimbledon
Por Gustavo Werneck  •  12 de Julho de 2019

Em um jogo digno de final, com emoção do início ao fim e jogadas de tirar o fôlego dos jogadores e do público, o suíço Roger Federer, segundo favorito ao título de Wimbledon, vence o espanhol Rafael Nadal e vai decidir com o primeiro do ranking e principal favorito, Novak Djokovic.

Federer vai tentar seu nono título no All England Lawn Tennis, onde foi campeão em 2003, 2004, 2005, 2006, 2007, 2009, 2012 e 2017. Além destes o suíço ainda tem mais 12 troféus de campeão em Grand Slam. No total são 102 títulos na carreira, com 6 no ATP Finals, 28 em Master 1000, 23 em ATP 500 e 25 em ATP 250.

O jogo:

O jogo começou com os dois tenistas sacando com firmeza e fechando os serviços com relativa facilidade até o sétimo game. No oitavo, com Nadal sacando com bolas nova, Federer tem sua primeira oportunidade de quebra mas não aproveita.

O set se manteve equilibrado e, com os serviços mantidos para ambos os lados, o set acabou indo para o desempate que já começa com um mini break para cada lado. Nadal tem novo mini no quinto ponto e volta a devolver no ponto seguinte, 3/3 e troca de lado. O suíço tem novo mini break e desta vez aproveita com bons saques e abre 6/3. Com três set points a favor Roger Federer fecha o primeiro set em 7/6(3). 

No segundo set Nadal teve sua primeira chance de quebra logo no segundo game mas Federer conseguiu administrar bem os dois breaks e manteve o serviço. A situação se inverteu no terceiro game mas o espanhol não permitiu a quebra fechando a parcial com um ace. 

Sacando com bolas novas Federer não conseguiu manter a mesma consistência dos serviços anteriores e permitiu a Nadal a primeira quebra do jogo. Depois de manter seu serviço com tranquilidade Nadal consegue a segunda quebra consecutiva no sexto game e finaliza o segundo set em 6/1, sacando com extrema competência e empatando a partida. 

Depois de ter seu saque quebrado por duas vezes seguidas no set anterior, Federer voltou sacando muito bem e confirmando seus dois primeiros serviços, recuperando a confiança. Isto o ajudou a quebrar o saque do espanhol no quarto game, abrindo 3/1. Nadal teve a chance de devolver a quebra no game seguinte, com três breaks, mas o suíço conseguiu atacar com eficiência e, depois de dois rallies de 23 e 25 trocas intensas de bola, conseguiu manter seu serviço fazendo 4/1.

Vibrando muito, Nadal saiu de um incômodo 15/40 para confirmar seu serviço, diminuindo o prejuízo. Com ambos os tenistas mantendo os saques, Federer fecha o set em 6/3 e faz 2/1 no jogo.

O quarto set começou intenso e bem disputado já no primeiro game, com Nadal tendo dificuldades mas fazendo seu saque. Em seguida, depois de confirmar seu serviço, Federer consegue a primeira quebra no set e faz 2/1. Saca no quarto game com extrema eficiência, provocando três devoluções do espanhol para fora da quadra e abrindo 3/1.

Com os saques sendo confirmados nos games seguintes, Federer chega ao primeiro match point com Nadal servindo em 3/5 mas o espanhol salva. Sacando muito bem, Nadal salva o segundo match point do jogo e com um ace confirma seu serviço. Neste game aconteceu um fato curioso com Federer desabiando um saque de Nadal ainda com sua devolução em andamento. A bola devolvida entrou mas como o suíço havia pedido o desafio e o saque foi bom, ele perdeu o ponto.

Muitas emoções ainda estavam reservadas para o último game deste fantástico jogo entre Federer, com 37 anos, e Nadal, com 33. Com grande alternância de jogadas de alto nível de parte a parte, Roger Federer finalmente fecha o set e a partida no quinto match point, fazendo 7/6(3), 1/6, 6/3 e 6/4 e vai tentar contra Novak Djokovic seu nono título em Wimbledon.


Publicidade