Grã Bretanha e Áustria fecham confrontos

Início    /    Tênis    /    Grã Bretanha e Áustria fecham confrontos
Por Raphael Favilla  •  16 de Setembro de 2018

O número 6 do mundo Dominic Thiem garantiu a vitória da Áustria contra a Austrália pelos playoffs para o Grupo Mundial da Davis. Thiem definiu a disputa depois de vencer o jovem de 19 anos e já 38º do ranking Alex De Minaur por 6/4, 6/2, 3/6 e 6/4. Com o resultado, os austríacos fecharam o confronto no saibro de Graz por 3 a 1.

Aos 25 anos, Thiem marcou sua oitava vitória em onze jogos de simples pela Copa Davis. O austríaco venceu seis das oito partidas que disputou no saibro pela competição, além de ter duas vitóas e uma derrota no piso duro.

Outro time que fechou um confronto por 3 a 1 foi a Grã Bretanha. Sem contar com seus dois principais jogadores, Andy Murray e Kyle Edmund, a equipe britânica definiu o confronto contra o Uzbequistão em quadra dura e coberta em Glasgow com a vitória do jovem de 23 anos e 70º do ranking Cameron Norrie contra o 516º colocado Sanjar Fayziev por 6/2, 6/2 e 6/0.

Austríacos e britânicos serão cabeças de chave na fase classificatória da Davis, que será disputada em fevereiro do ano que vem. Eles irão se juntar aos quatro países superados nas quartas de final deste ano (Bélgica, Alemanha, Itália e Cazaquistão) e aos oito vencedores da repescagem deste fim de semana entre os 12 favoritos. Já o Uzbequistão e Austrália esperam pela próxima atualização do ranking da Davis para saber se poderão disputar a seletiva mundial da competição.

A fase classificatória da Davis terá 24 seleções, com confrontos nas sedes dos países. Além dos doze cabeças de chave, os demais participantes serão seis europeus, três asiáticos e mais três das Américas com melhor ranking após a rodada deste fim de semana. Os semifinalistas de 2018 (França, Espanha, Croácia e Estados Unidos) já estão garantidos na fase final de 2019, que acontece em novembro, em sede única.

Argentina vs Colômbia

Tendo fechado a segunda-feira com dois pontos, os argentinos chegaram ao sábado com tranquilidade. Em 4h03 de partida, a dupla Máximo Gonzalez e Horacio Zeballos dominou a parceria formada por Alejandro Gomez e Cristian Rodriguez, com parciais de 6/4 7/6(3) 6/7(4) 4/6 6/4.

Após conquistar seu primeiro título na competição em 2016, a Argentina foi rebaixada em 2017 e lutou para subir nesta temporada sem seu principal tenista, Juan Martin Del Potro.

Sérvia vs Índia

Desfalcada também de seu melhor atleta, Novak Djokovic, a Sérvia garantiu liquidou o confronto neste sábado contra a Índia com uma vitória em sets diretos de Nikola Milojevic e Danilo Petrovic em 2h22 sobre Rohan Bopanna e Saketh Myneni, com parciais de 7/6(5) 6/2 7/6(4).

Campeã em 2010 sob o comando de Novak Djokovic, a Sérvia é uma nação jovem na Copa Davis, tendo feito sua primeira participação em 1995, após a independência da Iugoslávia.

Japão vs Bósnia e Herzegovina

Igualmente desfalcados de seu melhor atleta, Kei Nishikori, os japoneses receberam na cidade de Osaka a Bósnia e Herzegovina, e saiu com a vitória no confronto por 3 a 0 após o triunfo de Ben McLachlan e Yasutaka Uchiyama sobre Tomislav Brkit e Nerman Fatic, por 6/2 6/4 6/4.

Publicidade