Mais um brazuca na chave principal de Wimbledon

Início    /    Grand Slam    /    Mais um brazuca na chave principal de Wimbledon
Por Nittenis News  •  27 de Junho de 2019

Número um do Brasil, Thiago Monteiro garantiu, nesta quinta-feira, vaga na chave principal de Wimbledon. O cearense derrotou o japonês Yosuke Watanuki na última rodada do qualifying, por 3/6, 7/6(3), 6/3 e 6/3. Este é o segundo Grand Slam seguido que o brasileiro, 115º colocado no ranking mundial, passa da fase classificatória e alcança a chave principal do torneio mais tradicional do mundo.

"Estou muito contente de poder voltar a essa chave principal. Para mim, Wimbledon é o Grand Slam mais difícil de passar o quali. Sempre tem aqueles especialistas nesse tipo de superfície e aqui é o único torneio que se joga o qualifying em outro lugar - Roehampton. Agora que vamos para a chave principal, que é em Wimbledon mesmo, no complexo, dá para sentir que estamos de fato no Grand Slam. O complexo para mim é o mais bonito do ano e era um objetivo desde o ano passado de voltar a jogar a chave principal aqui. Independente do piso, é o Grand Slam mais bonito e o que mais gostei de ter jogado," comemorou o brasileiro.

Para Thiago, a grande mudança no jogo veio no tie-break do segundo set. "Foi um jogo muito duro. Comecei mais nervoso e o meu adversário saiu muito bem. Estava ventando mais e o segundo set estava disputadíssimo, com todos os games decididos no detalhe. No tie break eu comecei a jogar muito bem, aproveitei bem as oportunidade que apareceram, comecei a jogar bem melhor de fundo e a sacar mais, dominando a partida até o final, mantendo muito bem a minha consistência".

Este é o segundo Grand Slam seguido que o brasileiro consegue passar o qualifying (o outro foi Roland Garros), além de ter passado também os qualies do Masters 1000 de Miami e do ATP 500 de Munique. "Passei a acreditar mais, a acreditar que posso ter condições de voltar a competir contra os grandes nos torneios maiores e estou trabalhando para me ver nestes grandes palcos e buscar a voltar a atingir o meu melhor ranking e seguir subindo para conquistar esses objetivos. Estou muito feliz de estar jogando bem nos torneios grandes. Agora é descansar e retomar o foco para fazer uma boa semana na chave".

O brasileiro aguarda a definição do adversário de estreia em Wimbledon, que começa em Londres, na próxima segunda-feira.

Fonte: Diana Gabanyi Comunicações.


Publicidade