Melo estreia com vitória nas duplas mistas no Austrália Open

Início    /    Grand Slam    /    Melo estreia com vitória nas duplas mistas no Austrália Open
Por Nittenis News  •  15 de Fevereiro de 2021

O mineiro Marcelo Melo e a russa Vera Zvonareva estrearam com vitória de virada e estão nas oitavas de final das duplas mistas do Australian Open, em Melbourne, na Austrália. Na madrugada desta segunda-feira (15), Melo entrou em quadra duas vezes nesta madrugada em Melbourne. Antes de vencer e seguir em busca de um lugar nas quartas ao lado de Zvonareva, parou nas oitavas de final das duplas masculinas com o romeno Horia Tecau. Melo e Zvonareva voltam a jogar já no início da madrugada desta terça-feira (15), por volta de 0h30, diante da norte-americana Desirae Krawczyk e do britânico Joe Salisbury.

Assim, Melo e Tecau encerram com duas vitórias no Australian Open a dupla que formaram apenas para os dois torneios em Melbourne neste início de ano. Antes jogaram um ATP 250, o Murray River Open, vencendo na estreia e parando nas quartas de final. Agora, na sequência da temporada, Melo inicia a sua nova parceria para 2021 com o holandês Jean-Julien Rojer. O próximo torneio, o primeiro em que estarão juntos, será o ATP 500 de Roterdã, na Holanda, a partir do dia 1º de março.

O primeiro jogo desta segunda-feira foi válido pelas oitavas de final de duplas masculinas, com Melo e Tecau - cabeças de chave número 7 - enfrentando o croata Ivan Dodig e o eslovaco Filip Polasek – cabeças 9 -, que marcaram 2 sets a 0, parciais de 6/4 e 6/3, em 1h26min, em uma partida muito disputada. Após o descanso, a estreia nas duplas mistas, com Zvonareva, vencendo de virada a chinesa Yifan Xu e o argentino Maximo Gonzalez por 2 sets a 1, parciais de 4/6, 6/3 e 10-7, em 1h16min.

"Eles começaram muito bem no primeiro jogo, quebrando. Conseguimos quebrar de volta até fazer 4/4. Aí tivemos duas ou três oportunidades de quebrar para passar na frente, 5/4 e saque. Depois nos quebraram em um game que estávamos sacando com 40/15. Então tivemos a nossa chance, não conseguimos aproveitar. E acabaram aproveitando de novo uma chance que tiveram no segundo set", explicou Marcelo, que tem o patrocínio de Centauro, BMG e Itambé, com apoio da Volvo, Head, Voss, Foxton, Asics, Bolsa Atleta e Confederação Brasileira de Tênis.

"O primeiro set acabou dominando o jogo. Poderia ter sido 6/4 para nós, como foi para eles. Questão de uma bola ou outra. Foi de alto nível durante toda a partida. Faz parte, fizemos dois bons jogos. E agora é seguir adiante. Eu passo a jogar com Jean-Julien, a partir de Roterdã", completou.

"Na mista, eu tinha jogado uma vez com a Vera já em Wimbledon. E hoje ganhamos um jogo muito difícil. Conseguimos virar depois de perder o primeiro set. No match tie-break também estávamos abaixo, 6-3. Foi legal. Agora amanhã jogamos na quadra grande, na Margaret. Então vamos aproveitar e ir com tudo, quem sabe com mais uma vitória", afirmou.

Os jogos - Nas duplas masculinas, no set inicial, os adversários quebraram logo no segundo game, abrindo em seguida 3/0. Melo e Tecau buscaram a reação e conseguiram o break no sétimo game, deixando tudo igual. Mas, após um game longo, em que salvaram breaks, Dodig e Polasek voltaram a quebrar na sequência para vencer por 6/4. No segundo set, com uma única quebra, no sexto game, fazendo 4/2, o croata e o eslovaco administraram a vantagem até a vitória por 6/3.

Já nas mistas, no primeiro set, Xu e Gonzalez quebraram no quinto game, mas viram Melo e Zvonareva devolverem o break em seguida, empatando em 3/3. Só que com uma nova quebra, no nono game, os adversários recuperaram a vantagem e fecharam na sequência em 6/4 para sair na frente. No segundo, a reação de Melo e Zvonareva. Eles quebraram primeiro, abrindo 2/0, os adversários devolveram, 2/1, mas conseguiram mais um break para marcar 3/1 e vencer por 6/3, levando a decisão para o match tie-break. Xu e Gonzalez chegaram a marcar 6-3, quando Melo e Zvonareva buscaram a virada, empatando em 6-6 e seguindo para a vitória por 10-7.

Fonte  ZDL



Publicidade