Monteiro vence mais uma em Quito

Início    /    Tênis    /    Monteiro vence mais uma em Quito
Por Raphael Favilla  •  08 de Fevereiro de 2018

Em seu segundo jogo pelo ATP 250 de Quito, Thiago Monteiro voltou a vencer nesta quinta-feira e garantiu seu lugar nas quartas de final do torneio no saibro da capital equatoriana. Monteiro superou o lucky-loser italiano Alessandro Giannessi, 159º do mundo, por 7/6 (7-4), 4/6 e 7/5. Seu próximo rival sai da partida entre o francês Gael Monfils e o noruguês Casper Ruud.

Monteiro chega às quartas de final de um ATP pela quinta vez na carreira, repetindo os resultados que já fez em São Paulo e Gstaad há dois anos, e também em Buenos Aires e no Rio de Janeiro na temporada passada. Aos 23 anos, o canhoto de Fortaleza tenta alcançar uma semifinal pela primeira vez.

Com os 45 pontos conquistados em uma semana que não defende resultado algum, Monteiro se reaproxima da volta ao top 100. O atual 118º colocado está provisoriamente atingindo o 104º lugar. Com mais uma vitória, ele também irá ultrapassar Rogério Dutra Silva e se tornar o número 1 do Brasil.

É importante também que Monteiro faça pontos neste momento da temporada. O cearense atingiu seu melhor ranking da carreira em fevereiro do ano passado, quando foi 74º do mundo e tem 45 pontos a defender na semana que vem e outros 90 na próxima. Uma inédita semifinal de ATP o faria suprir 90 dos 130 pontos que tem a descontar no saibro sul-americano.

A partida começou com domínio dos sacadores até que Monteiro salvasse três break points no oitavo game. Na sequência, o cearense conseguiu a primeira quebra da partida, mas falhou na oportunidade de sacar para o set. Apesar de permitir o empate ao rival, o canhoto de Fortaleza foi dominante durante o tiebreak.

Depois de não aproveitar as duas chances de quebra que teve no início do segundo set, Monteiro viveu um game de serviço muito longo quando o placar estava empatado por 4/4. O cearense chegou a salvar quatro break points, mas acabou permitindo a quebra ao rival italiano, que fecharia a parcial logo em seguida. Monteiro salvou quatro break points nos dois primeiros games do terceiro set e conseguiu manter o saque. A quebra aconteceria já no último game da partida, confirmando a difícil vitória em três sets.

Publicidade