Nadal vence sensação grega e fatura 33º Masters

Início    /    Tênis    /    Nadal vence sensação grega e fatura 33º Masters
Por Raphael Favilla  •  13 de Agosto de 2018

Na tarde deste domingo, Rafael Nadal, atual número 1 do mundo, enfrentou Stefanos Tsitsipas, 27ª colocado no ranking mundial, na grande final do ATP de Toronto, no Canadá, e venceu por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 7/6 (7-4).

Nadal não conquistava um Masters 1000 sobre quadra sintética desde a dobradinha que obteve em 2013 no Canadá e em Cincinnati, mas ele conquistou o US Open e Pequim entre setembro e outubro do ano passado. Com 33 Masters, ele se isola ainda mais na liderança de troféus desse quilate contra os 30 de Novak Djokovic e os 27 de Roger Federer.

"É uma grande forma de começar a temporada de quadras duras. Ganhar aqui em Toronto foi muito importante, não se vence Masters 1000 com frequência. Sinto que estou evoluindo a cada partida que fiz na quadra dura. É importante ganhar, principalmente quando não se joga bem", declarou Miúra em quadra.

Não menos importante, o canhoto espanhol se torna apenas o quarto profissional a somar 80 títulos na carreira, juntando-se a Jimmy Connors, Roger Federer e Ivan Lendl. Rafa tem no total 116 finais disputadas na carreira.

Apesar de não ter produzido na final de Toronto o mesmo que conseguiu nas outras grandes exibições que fez na sua semana mágica, o grego Stefanos Tsitsipas saiu de quadra confiante em seu tênis. Nesta segunda-feira, ele aparecerá no 15º lugar do ranking.

"Estou faminto por mais", garantiu. "Acredito que posso alcançar muito mais coisas ainda neste ano. Meu jogo está aqui. Apesar de ter perdido hoje, sinto que posso derrotar os grandes jogadores". No dia que festejou 20 anos, Tsitsipas fez um primeiro set ruim, mas elevou o nível na segunda série e chegou a ter set-point para prolongar o duelo diante do número 1 Rafael Nadal.

O primeiro set foi de completo domínio de Nadal. Tsitsipas começou a partida bem, mas perdeu dois serviços na sequência e não conseguiu reagir. Com um placar de 6/2, o espanhol venceu o set inicial.

No segundo set, o melhor colocado do mundo quebrou o primeiro serviço do grego e se manteve durante um longo tempo em vantagem. Entretanto perdeu um saque, levou a virada e deixou Tsitsipas ter um set-point, evitado prontamente pelo espanhol. Já no tiebreak, o grego perdeu dois serviços e acabou derrotado: 7/6 (7-4).

Publicidade