No Brasil Open, Bellucci cai em mais uma estreia

Início    /    Tênis    /    No Brasil Open, Bellucci cai em mais uma estreia
Por Raphael Favilla  •  28 de Fevereiro de 2018

Vice-campeão do Brasil Open uma vez e semifinalista em mais duas oportunidades, Thomaz Bellucci mantém um retrospecto recente bastante negativo no ATP 250 da capital paulista. Bellucci sofreu sua quarta eliminação consecutiva em uma estreia no torneio e também a quarta derrota seguida no terceiro set na temporada.

O duelo foi longo, e ainda teve quase 30 minutos de interrupção por causa de uma falha de energia no ginásio do Ibirapuera. Atual número 132 do mundo, o paulista foi superado em três sets pelo argentino Horacio Zeballos, 69º do ranking da ATP - parciais 7/6 (2), 3/6 e 6/3.

Com a vitória, Zeballos igualou o histórico do confronto com Bellucci em 1 a 1 - o brasileiro havia vencido em Quito, em 2015. Nas oitavas de final, o argentino vai reencontrar Gael Monfils, cabeça de chave número 4 do Brasil Open. Os dois duelaram na primeira rodada do Rio Open na semana passada, e o francês levou a melhor.

A queda na estreia em São Paulo atrapalha Bellucci na tentativa de somar pontos no ranking durante a série de torneios no saibro sul-americano. Ele conseguiu apenas 32 pontos no continente, todos conquistados em Buenos Aires, onde furou o quali e avançou uma rodada na chave principal. Já em Quito e no Rio de Janeiro, o destino foi o mesmo desta terça-feira, com eliminações ainda na primeira fase.

Ex-número 21, o paulista defende apenas 20 pontos em março. Entretanto, no mês seguinte, terá descontados 150 pontos do vice-campeonato de Houston do ano passado, quando disputou sua última final de ATP. De olho em pontos importantes, Bellucci vai jogar o challenger de Santiago na semana que vem.

O início do primeiro set serviu para que os tenistas se acostumassem um pouco com a quadra, bolinha e, por isso mesmo, a dificuldade no serviço foi um pouco maior. Bellucci precisou salvar um break point logo no segundo game antes de confirmar, enquanto Zeballos se recuperou de duas chances de quebra antes de manter o serviço. Depois disso, os jogadores mantiveram bem seu saque, com o brasileiro tendo um alto aproveitamento quando jogou com seu primeiro serviço. O empate permaneceu até o tie-break.

Bellucci perdeu um de seus saques e sofreu um mini break bem aproveitado por Zeballos, que se manteve muito agressivo para abrir 4-1. Com mais um erro não forçado, o brasileiro desperdiçou novamente um ponto de saque e viu o argentino ter 5-2 com dois saques para fechar a parcial. Consistente, Zeballos sacou bem e fechou em 7-2 após duas devoluções na rede de Bellucci.

A última boa campanha que Bellucci fez foi no Ibirapuera e em 2014, quando ele foi semifinalista e só caiu para o eventual campeão Federico Delbonis. Dois anos antes, também parou na penúltima rodada no torneio paulistano. Já em 2009, quando o evento ainda era na Costa do Sauípe, o canhoto de Tietê foi finalista e só perdeu para Tommy Robredo.

Publicidade