O garoto que não cansa de quebrar recordes

Início    /    Rio de Janeiro    /    O garoto que não cansa de quebrar recordes
Por David Mijalchik  •  23 de Fevereiro de 2019
Foto por Gustavo Werneck

A juventude de Félix Auger-Aliassime contra a experiência do uruguaio Pablo Cuevas. Melhor para o canadense de 18 anos. Com a vitória por 6/3 3/6 e 6/3, Félix vira o tenista mais jovem a chegar numa final de ATP 500. Mais um recorde para a coleção do garoto.

Aliassime é o jogador mais novo a pontuar no ranking da ATP, com apenas 14 anos e 7 meses. Quatro meses depois, virou o mais jovem a vencer uma partida na chave principal de um Challenger.

Além disso, também conquistou o US Open juvenil com 16 anos e um mês, mais um recorde. E é o primeiro tenista nascido nos anos 2000 a ganhar um jogo na chave de um ATP (Indian Wells, em 2017).

Apesar dos feitos expressivos, o garoto diz não prestar atenção nisso: "É algo que fica por conta da imprensa, não ligo para isso. Só penso em jogar o meu melhor tênis".

Neste domingo, Félix joga em busca do primeiro título ATP. Caso vença o sérvio Laslo Djere, será o tenista mais jovem a ganhar um ATP 500 e, claro, o Rio Open.

O jogo será às 17h na Quadra Guga Kuerten.

Publicidade