Primeiro finalista, Novak Djokovic busca o penta em Wimbledon

Início    /    Grand Slam    /    Primeiro finalista, Novak Djokovic busca o penta em Wimbledon
Por Gustavo Werneck  •  12 de Julho de 2019

Novak Djokovic, principal favorito ao título de Wimbledon, acaba de derrotar o espanhol Roberto Bautista Agut, vigésimo terceiro cabeça de chave do torneio, por 3 a 1 com parciais de 6/2, 4/6, 6/3 e 6/2 e aguarda seu adversário para a grande final de domingo onde tentará seu quinto título na grama sagrada. Está será a sexta final do sérvio no All England Lawn Tennis, onde só foi derrotada em 2016 por Andy Murray. Dqui a pouco estarão em quadra Rafael Nadal e Roger Federer, no já intitulado Fedal 40.

O Jogo: A partida começou com Djoko firme e Batista Agut um pouco vacilante, o que permitiu a fácil vitória do sérvio na primeira parcial em 6/2. No set seguinte, reação do espanhol que jogando seu melhor tênis finalizou o game em 6/4.

O terceiro set foi muito equilibrado até o sexto game, com os dois tenistas brindando o publico com longos e bem disputados rallies e cometendo poucos erros não forçados, até que o sérvio conseguiu quebrar o serviço do espanhol. No game seguinte Agut teve a chance de devolver a quebra, com dois break points, mas não aproveitou. Com os serviços confirmados pelos tenistas nos games seguintes, o set terminou em 6/3 para Novak.

Logo no primeiro game do quarto set conseguiu mais três oportunidades de quebra mas Bautista, com muita paciência e dois voleios vitoriosos, conseguiu impedir que o caminho do sérvio para a final do torneio ficasse mais fácil.

Mais uma vez Nole tem o break point no terceiro game e desta vez consegue quebrar o serviço do espanhol já na primeira oportunidade.

Depois de confirmar com facilidade o seu saque, o sérvio tem mais um break a seu favor no quinto game e aproveita a quinta das oito oportunidade de que quebra que Agut lhe deu em toda a partida, fazendo 4/1 no set. O espanhol já demonstrava pouca paciência para as longas trocas de bola e cometeu dois erros não forçados no game.

O tenista quatro vezes campeão de Wimbledon confirma seu serviço com absoluta tranquilidade no sexto game e assiste Batista Agut fazer o mesmo com o seu na parcial seguinte.

Mesmo sacando para o jogo com a confiança em alta, Djokovic precisou de cinco match points para fechar a partida e garantir sua presença na final de Wimbledon, a segunda consecutiva e a sexta na história do torneio londrino.


Publicidade