Serena atropela Vesnina em semi mais rápida de Wimbledon

Início    /    Tênis    /    Serena atropela Vesnina em semi mais rápida de Wimbledon
Por Raphael Favilla  •  07 de Julho de 2016

Em uma semifinal de Wimbledon que mais parecia uma sessão de treinamento, a número 1 do mundo Serena Williams não tomou conhecimento da adversária e bateu a russa Elena Vesnina em sets diretos. A partida foi fechada em apenas 48 minutos, a semi mais rápida da história do Grand Slam londrino, parciais de 6-2 e 6-0.

Em entrevista à BBC depois da partida, Serena expressou o que o público já havia constatado há pouco. Sua vontade em vencer era tão grande que o duelo acabou sendo simplificado: "Eu estava muito focada hoje. Estava preparada. Nunca é fácil entrar em quadra. Você tem que lutar cada ponto".

"Me senti como se não tivesse chances hoje", Vesnina disse mais tarde. "Ela [Serena] estava bem humorada, e seu saque estava funcionando muito bem, acertando os primeiros serviços. Sacou de forma incrível".

De fato, foram 11 aces na partida. Uns atingindo a casa dos 190 Km/h.

Esta será a nona final de Serena em Wimbledon, campeonato no qual já levantou o troféu seis vezes. Vice no Aberto da Austrália e em Rolland Garros este ano, a norte-americana terá pela terceira vez consecutiva a possibilidade de igualar o recorde de Steffi Graf, e se tornar ao lado da alemã a maior vencedora de torneios Grand Slam com  22 títulos.

O jogo

Serena começou à todo vapor. Logo no primeiro game, a americana pressionou com a esquerda em três pontos e quebrou o saque de Vesnina. No terceiro, a dominação sobre a russa continuou. Vesnina até salvou dois break points, mas acabou não resistindo mais uma vez.

Na sequência, o set continuou na mesma tona. A 50ª da WTA lutou muito e conseguiu fazer dois games, mas a número 1 do mundo manteve-se extremamente agressiva, fechando em apenas 28 minutos a parcial por 6-2.

A postura da hexacampeã de Wimbledon continuou a mesma no segundo set. O nervosismo de Vesnina foi crescendo a cada game, deixando as coisas mais fáceis para a norte-americana. Serena obteve três breaks em todos os games pares e terminou sua missão em menos de cinquenta minutos, garantindo vaga em outra final na grama sagrada.

Adversária na final

Serena terá pela frente a alemã Angelique Kerber, sua algoz no Aberto da Austrália no início da temporada.

A atual número 4 do mundo ainda não perdeu um set sequer no torneio e derrotou nesta quinta a mais velha das irmãs Williams, Venus, por 2 sets a 0, com um duplo 6-4.

A vitória significou a manutenção da liderança do ranking para Serena Williams, já que Kerber poderia ultrapassá-la na pontuação caso ela não chegasse à decisão. A alemã garantiu o retorno ao segundo lugar na próxima atualização do ranking WTA.

Publicidade