Sorteio define adversários de brasileiros nos Jogos Olímpicos

Início    /    Rio 2016    /    Sorteio define adversários de brasileiros nos Jogos Olímpicos
Por Raphael Favilla  •  04 de Agosto de 2016

Teliana Pereira

A pernambucana conheceu nesta quinta-feira (4) suas adversárias de estreia nas chaves de simples e duplas do torneio que começa neste sábado, no Centro Olímpico de Tênis na Barra da Tijuca.

Em sua primeira participação nas Olimpíadas, Teliana estreia contra a 32ª colocada francesa Caroline Garcia em confronto inédito no circuito.

Atualmente ocupando o 135º lugar, Teliana venceu só cinco jogos na temporada. Já a rival de 22 anos acumula 24 triunfos com títulos em Estrasburgo e Mallorca. Se vencer a primeira, a brasileira provavelmente cruzaria com a cabeça 10 britânica Johanna Konta que estreia contra a liechtensteinense Stephanie Vogt.

Pelo torneio de duplas, mais uma estreia complicada. A parceria da casa formada por Teliana e a campineira Paula Gonçalves enfrenta logo de cara as cabeças 4 espanholas Garbiñe Muguruza e Carla Suárez Navarro.

Thomaz Bellucci

O paulista fará sua estreia diante do alemão Dustin Brown, contra quem perdeu há duas semanas no ATP 250 de Gstaad. Será a terceira participação olímpica de Bellucci, atual 55º do ranking, que busca uma vitória inédita. Em Pequim, o paulista tinha apenas 20 anos e perdeu em três sets para o eslovaco Dominik Hrbaty. Já nas últimas Olimpíadas, em Londres, ele cruzou o caminho de Jo-Wilfried Tsonga logo na primeira rodada do torneio na grama.

"Estreia difícil", afirmou Bellucci. "O mais importante é entrar tranquilo na quadra, conseguir controlar a ansiedade da primeira rodada e fazer um bom jogo", completou canhoto paulista, que chegou ao Rio de Janeiro na terça-feira e gostou do que viu.

Além da recente vitória alemã no saibro suíço, houve mais uma partida no mesmo palco em 2009. Na ocasião, o canhoto paulista levou a melhor na última rodada do qualificatório e seguiu em frente até conquistar o primeiro de seus quatro títulos de ATP.

Caso supere o 86º colocado alemão, há possibilidade de um duelo sul-americano com Pablo Cuevas. O uruguaio entrou como cabeça 11 no Rio de Janeiro e estreia contra o georgiano Nikoloz Basilashvili.

"O Rio ganhou uma atmosfera diferente. É tudo muito mágico, a Vila, o Parque Olímpico… Os treinos estão sendo bons, as condições de jogo estão excelentes e as quadras ótimas!", afirmou Bellucci, que também jogará duplas ao lado de André Sá. Eles enfrentam na estreia os irmãos britânicos Andy e Jamie Murray, cabeças de chave 2.

Rogério Dutra Silva

Atual 94º do ranking, Rogerinho disputa as Olimpíadas pela primeira vez na carreira. Seu adversário de estreia é o 113º colocado italiano Thomas Fabbiano, em duelo inédito no circuito. Se vencer, o paulista de 32 anos enfrenta o vencedor do duelo entre o francês Gael Monfils e o canadense Vasek Pospisil.

Melo e Soares

Os mineiros, cabeças de chave número 3 na competição, enfrentam os irmãos tailandeses Sanchai e Sonchat Ratiwatana. Caso passem pela estreia, os brasileiros podem enfrentar os croatas Marin Cilic e Marin Draganja ou a dupla sérvia de Novak Djokovic e Nenad Zimonjic, que não é cabeça de chave.

Publicidade