Tudo igual no primeiro dia

Início    /    Tênis    /    Tudo igual no primeiro dia
Por Diego Werneck  •  07 de Abril de 2018

No primeiro dia do confronto pela final do Zonal Americano, Brasil e Colômbia ficaram no empate. A equipe brasileira contou com um inspirado Thiago Monteiro na partida de abertura ao atropelar um irreconhecível e apático Santiago Giraldo, ex-top 30 do mundo, por 2 sets a 0, parciais de 6/1 e 6/2. Na sequência, Guilherme Clezar começou bem o duelo contra Daniel Galán, mas permitiu a reação do colombiano e acabou derrotado por 2 a 1, com 3/6, 6/2 e 6/1. Neste sábado serão realizadas as três partidas restantes do confronto: a de duplas entre Marcelo Melo/Marcelo Demoliner e Robert Farah/Juan Sebastián Cabal e as de simples entre Monteiro e Galán, e Clezar e Giraldo.

Buscando manter os 100% de aproveitamento que o Brasil detém sobre os colombianos em confrontos pela Taça Davis, o número um da equipe brasileira entrou na partida inaugural muito focado e contou ainda com a falta de ritmo do adversário para dominar as ações e abrir vantagem desde o início. Thiago Monteiro confirmava seus serviços com facilidade e quebrou o saque de Santiago Giraldo no segundo e quarto games, chegando a sacar em 5 a 0, mas não aproveitou a oportunidade de aplicar o “pneu" e cedeu uma quebra para o colombiano. No entanto, voltou a quebrar Giraldo no game seguinte e confirmou a rápida vitória do primeiro set por 6/1.

Na segunda parcial o colombiano voltou com mais intensidade e chegou a dificultar o jogo nos primeiros games, mas após desperdiçar oportunidades de quebrar o saque do brasileiro viu o seu serviço ser quebrado na sequência e não teve mais forças para reagir, sendo vencido em seu saque mais uma vez: 6 a 2 para Monteiro, em menos de uma hora de partida, e o primeiro ponto para o Brasil no confronto.

Já o duelo entre Guilherme Clezar e Daniel Galán foi bem mais disputado e poderia ter tido um final favorável ao brasileiro caso ele tivesse aproveitado algumas oportunidades, principalmente no início do segundo set. A primeira parcial foi muito equilibrada no início, com longas trocas de bolas. O primeiro a ter chances de quebra foi o colombiano, que não as aproveitou e viu o brasileiro crescer e quebrar seu saque duas vezes para fechar em 6 a 3.

Já a partir do segundo set, Galán voltou mais concentrado e passou a dominar as ações, conseguindo duas quebras e chegando a 4 a 1 no placar. Clezar ainda devolveu uma quebra, mas o colombiano não diminuiu a intensidade e voltou a vencer no saque do brasileiro para definir a parcial em 6/2. A partir daí, Clezar não ofereceu mais resistência e Galán chegou a sacar para aplicar 6/0, porém o brasileiro devolveu uma quebra apenas suficiente para evitar o “pneu”: 6/1 e vitória em duas horas de partida, que empatou o confronto no primeiro dia.

A partir das 17h (de Brasília) deste sábado será disputada a partida de duplas e, na sequência, as duas partidas de simples que definirão quem irá disputar a repescagem do Grupo Mundial da Copa Davis, em setembro.

Publicidade