Incrível Ferrer

Início    /    Tênis    /    Incrível Ferrer
Por Raphael Favilla  •  25 de Março de 2019

O espanhol David Ferrer, ex-top 5 da ATP e atual número 155 do ranking mundial, venceu, de forma espetacular, o alemão Alexander Zverev, atual número três da ATP e cabeça de chave númeo dois do Miami Open, por 2 sets a 1, de virada e avançou para a terceira rodada.

Em um jogo de alto nível, o espanhol de 36 anos impôs-se e venceu com as parciais de 2/6, 7/5 e 6/3, em 2h20 de duração. Depois de um primeiro set totalmente dominado por Zverev, Ferrer respondeu e começou a realizar uma exibição memorável, relembrando alguns dos seus melhores tempos no circuito mundial.

Sascha esteve muito irregular, em especial, no capítulo do serviço, onde o alemão cometeu 12 duplas faltas. Ferrer alcançou a primeira vitória sobre um top 10 em praticamente dois anos e sobre um top 3 em quase cinco anos.

Ex-número 3 do mundo, Ferrrer aparece atualmente no 155º lugar do ranking. O veterano espanhol selecionou poucas competições para disputar em 2019 e deverá encerrar sua carreira profissional durante a temporada de saibro, atuando em Barcelona e Madri.

Em sua última participação no Miami Open e finalista no tormeio no ano de 2013, o espanhol já havia vencido o norte-americano Sam Querrey na rodada de estreia, disputada na quinta-feira à noite. Ferrer terá pela frente o norte-americano Frances Tiafoe, na briga por vaga nas oitavas de final.

Zverev amargou eliminações precoces nos três principais torneios que disputou. Ele caiu ainda nas oitavas do Australian Open e na terceira rodada do Masters 1000 de Indian Wells, além de ter ficado com o vice-campeonato no ATP 500 de Acapulco. O alemão tinha 600 pontos a defender em Miami, já que foi vice-campeão do torneio no ano passado.

O primeiro set foi bastante dominado por Zverev, que pressionou nas devoluções e só permitiu a Ferrer vencer oito pontos com o próprio saque. O alemão conquistou três quebras durante a parcial e perdeu apenas um game de saque, embora tenha colocado só 48% de primeiros serviços em quadra.

Em um game com três duplas faltas, Zverev sofreu uma quebra logo na abertura do segundo set. O alemão, aliás, cometeu sete duplas faltas durante toda a parcial. Depois de buscar o empate no oitavo game, o jovem jogador de 21 anos teve um break point logo na sequência e não aproveitou. Pouco depois, Ferrer voltou a quebrar e empatou a partida.

Zverev seguia muito instável no saque, tanto que terminaria a partida com doze duplas faltas no total. Por sua vez, Ferrer elevou seu desempenho no saque e só enfrentou um break point na partida. Com o alemão visivelmente irritado e perdendo confiança, restou ao veterano espanhol esperar por suas oportunidades para conquistar duas quebras. Zverev liderou nos winners por 28 a 19, mas cometeu 47 erros contra 30 do espanhol.



Publicidade